sexta-feira, 28 de março de 2008

REGGAE - JAPÃO

Dry & Heavy - O DUB de olhos pequenos
Em meados de 1991 no Japão, o grande baterista Shigemoto Nanao, mais conhecido como "Dry" e o seu grande amigo, o renomado baixista Takeshi Akimoto, conhecido como "Heavy", formaram o grupo "Dry & Heavy" um dos maiores nomes da música DUB no mundo.Fãs declarados do grande jamaicano Burning Spear e da cultura rastafari, em meados de 1995 eles se uniram a grandes músicos japoneses e montaram uma das maiores bandas de DUB.Em meados de 1991 no Japão, o grande baterista Shigemoto Nanao, mais conhecido como "Dry" e o seu grande amigo, o renomado baixista Takeshi Akimoto, conhecido como "Heavy", formaram o grupo "Dry & Heavy" um dos maiores nomes da música DUB no mundo. Apesar do Japão não ter uma cena tão grande no reggae, o público japonês teve uma grande aceitação pelo som da banda, pois eles mostraram elementos não provenientes da música japonesa, mais sem esquecer de colocar em suas canções os vocais psicódelicos predominantes na música japonesa e instrumentos somente encontrados na cultura oriental.Fãs declarados do grande jamaicano Burning Spear e da cultura rastafari, em meados de 1995 eles se uniram a grandes músicos japoneses, como o produtor e músico Naoyuki Uchida, o guitarrista Kei Horiguchi, o também guitarrista Keiichi Rikitake, o grande tecladista Mitsuhiro Toike, e os vocais psicódelicos de Likkle Mai e de Ao Inoue, assim o Dry & Heavy estava formado.Depois de dois anos de muito estudo e ensino, em 1997, a banda colocou no mercado seu primeiro trabalho que saiu pelo selo japonês Olive Disc. Este disco conquistou a crítica japonesa pois foi uma inovação da música daquele país. A crítica da JAMAICA também se reendeu ao DUB inovador e de muita boa qualidade da banda.Em 1998, o Dry & Heavy colocou no mercado seu segundo trabalho, o albúm "One Punch", um disco que mostra o quanto a banda se desenvolveu em apenas em 1 ano de trabalho duro e árduo. A músicalidade caracteristica do DUB é vista em grande maioria nesse disco, com efeitos reverbs e delays, além de outros efeitos colocados em diversas músicas do disco.O Albúm também foi lançado em países da Europa, como a França, pelo selo Musidisc e também na Inglaterra, pelo selo inglês Green Tea.Em 2000 eles lançaram o terceiro disco, o aclamado albúm da cena DUB, "Full Contact". Com uma músicalidade originalmente vinda dos DUBs jamaicanos e seus efeitos destruidores, o albúm colocou de vez a banda na cena mundial e mostrou que a banda veio para ficar. Depois desse álbum Dry & Heavy chegou aos Estados Unidos da América e o selo BSI records fechou uma parceria com a banda.No Brasil o "Dry & Heavy" ainda não é muito conhecido pois o acesso está restrito a apenas a pessoas que utilizam a internet e procuram inovação músicais.Mais fica ai a dica para procurarem o som da Dry & Heavy, pois os amantes da música DUB ficaram impressionados com o talento vindo da terra do sol nascente.Videoclipe - DRY & HEAVY - Dawn is breaking http://www.youtube.com/v/zjp70kviqfk

Um comentário:

carlogalli disse...

É isso aí amigo Enilson, manda vê, fortalecer o movimento de cultura é fundamental para a cidadania,e a comunicação é fundamental.Sucesso na Blogosfera.

Carlos Siqueira/Coord Ponto Ananin